Santa Catarina: Andreia Monteiro trocou a carreira de enfermeira por sonho de emprego próprio
Negocia
Negocia
20 março 2024

Andreia Monteiro, formada em enfermagem, disse hoje que decidiu deixar a carreira de enfermeira após três anos de atividade para abraçar um projeto próprio na área de educação de infância, onde tem emprego próprio e emprega mais três jovens.

A jovem empreendedora, de 30 anos, que falava à Inforpress a propósito de Março mês da Mulher, notou que a aposta num negócio próprio é “uma mais-valia” tanto para ela como para outros jovens, tendo em conta que havia carência de espaços para acolher crianças dos 0 aos 4 anos e dos 4 aos 6 anos no concelho de Santa Catarina.

Por ter um espaço próprio, disse que não hesitou e apostou na abertura de uma creche e jardim infantil legalmente em 2021, tendo reconhecido que encontrou desafios no início, mas que hoje já foram ultrapassados, graças à aposta na qualidade dos serviços que presta.

Aliás, segundo ela, a aposta na qualidade fez com que aumentasse o número de crianças e por causa disso já perspectiva um aumento de procura para o ano lectivo 2024/2025.

Para dar vazão a este crescimento, indicou que a aposta vai passar pela aposta em parcerias com instituições ligadas ao sector e que trabalham com pessoas vulneráveis, nomeadamente o Instituto Cabo-verdiano da Criança e do Adolescente (ICCA), o Ministério da Família, Inclusão e Desenvolvimento Social (MFDIS) e a Fundação Cabo-verdiana de Acção Social e Escolar (FICASE).

Daí, disse acreditar que se conseguir firmar tais parcerias com estas instituições, vai continuar a fazer a sua parte no âmbito da sua responsabilidade social e os parceiros a sua, visando ajudar os pais mais vulneráveis no pagamento das mensalidades e refeição quente das crianças.

“O nosso objectivo é que nenhuma criança fique de fora, para que os pais possam ter mais tempo de organizarem a sua vida (…)”, acrescentou esta mãe de dois filhos, que se mostrou orgulhosa da trajetória feita no ramo da educação de infância.

“Às vezes é necessário apostar em outras áreas que não sejam a da nossa formação. Já trabalhei [durante três anos] como enfermeira, numa instituição social, mas, vi oportunidade numa outra área, educação de infância, que hoje é meu ganha-pão”, disse, pedindo às mulheres para serem “batalhadoras e criativas” e aos formados para não ficarem à espera de um emprego na sua área de formação, mas, para “empreenderem”.

Na ocasião, a entrevistada da Inforpress adiantou que além da área da educação de infância, numa segunda fase almeja abrir uma loja para venda de produtos para e crianças, e ainda ampliar mais o ramo de negócio.

https://www.balai.cv/balai-style/santa-catarina-andreia-monteiro-trocou-a-carreira-de-enfermeira-por-sonho-de-emprego-proprio/?fbclid=IwAR2gk86cOsLg9wVyxbjymKTdJ7OI12Urgd6ZIyfDa8BHnW8_5VqkZ0bABsM

 

Balai

Você precisa fazer login ou registar para responder

Você precisa fazer login ou registar para comentar

Noticias Similares

Portugal: Presidente da CCS destaca importância do empreendedorismo e inovação em cimeira da CACLAL (c/áudio)

Portugal: Presidente da CCS destaca importância do empreendedorismo...

03 abril 2024
Oito empreendedores cabo-verdianos vão beneficiar do programa de Empreendedorismo da Fundação Tony Elumelu

Oito empreendedores cabo-verdianos vão beneficiar do programa de...

26 março 2024
Premeados da primeira edição do Prémio Nacional de Empreendedorismo

Premeados da primeira edição do Prémio Nacional de Empreendedorismo...

26 março 2024